Logo

Cinco Marias Agência Digital

Patrocínio de termos institucionais: SIM ou NÃO?

Publicação: 2 de agosto de 2018
Patrocínio de termos institucionais: SIM ou NÃO?

O assunto não é novo, mas ainda nos deparamos muito com esta questão: afinal, se estamos bem posicionados na busca orgânica, por que patrocinar palavras institucionais?! É uma pergunta lógica e bastante conveniente, já que, em teoria, seria um investimento “desnecessário”. Mas veja bem, em teoria…seria…

Você sempre irá nos ver afirmando que, mesmo bem posicionado na busca, vale a pena patrocinar termos institucionais nos resultados pagos, principalmente quando se trata de comércio eletrônico. Por quê? Aí estão alguns argumentos:

– Performance da conta: termos institucionais geralmente possuem uma taxa de cliques (CTR) superior à média das demais campanhas de sua conta. Com essa taxa elevada, os índices de qualidade dessas palavras também melhoram, beneficiando a qualidade geral da conta e valores por cliques.

– Concorrência: Outro fator muito importante a ser considerado é a concorrência. Se sua marca não é registrada no buscador, o que impediria a utilização do termo, seus concorrentes podem aparecer antes de você na página.  Sendo assim, sua marca pode estar ajudando na receita de outras empresas e você deixando de vender para quem procura por você. Afinal, por mais fiel que o consumidor seja, facilitar o processo da busca a ele é ponto a seu favor!

– Dinâmica: Essa palavra é quase sinônimo da internet. A mudança faz parte da rotina do usuário e, por isso, deve fazer parte da sua marca também. Nesse caso, teste todos seus recursos, pois é só assim que saberemos por onde traçar uma estratégia e suas táticas. O link patrocinado se destaca do orgânico, muito em função disso, pois é uma ferramenta ágil.  Você pode mudar a sua comunicação a qualquer momento aproveitando melhor a chance de atrair mais clientes. Podemos testar todas as formas de anúncios e palavras para seu site. Recursos como sitelinks (extensões de anúncios) ajudam a dar dinâmica e tornar os anúncios cada vez mais efetivos como resultado.

– Apelo para venda: O link patrocinado permite levar o usuário para páginas relevantes em todas as etapas do ciclo de compra que ele se encontra. Isto é, oferecer diretamente o que o consumidor procura. No caso de palavras institucionais podemos criar anúncios com ofertas, promoções e condições de pagamentos que o site trabalha.

– Confiança: Entenda, não existe um consumidor de link patrocinado, de resultado orgânico, de comparador de preço, de social commerce e etc. O consumidor é único e transita por várias (se não todas) as ferramentas de pesquisa que a internet proporciona. Estar bem posicionado no comparador e ter o menor preço não são garantia de uma compra. A aquisição, mesmo que no ambiente online, é baseada em etapas e você precisa estar presente em todas elas.  O consumidor 2.0 busca confiança na marca. Confiança muito difícil de alcançar, principalmente, no que se refere à internet, um meio em que tudo pode ser “vírus” e que pouco é “verdadeiro”.

Ter sua marca presente nos links patrocinados e no resultado natural conforta o usuário quanto à presença de marca e o familiariza com o negócio.

Bom, se nenhum desses pontos te convenceu, faça o teste! Patrocine suas palavras institucionais por um tempo e, em seguida, pause essas campanhas. Avalie se o investimento nesses termos valeu a pena ou não para seu negócio e nos conte! Queremos entender a tua estratégia e conhecer o teu case. =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *